Então somos nós as culpadas???

Image

Recentemente vi essa imagem na internet e me impressionou bastante. Muitas pessoas se manifestaram apoiando a frase que apontava atriz Carolina Dieckmann como “piranha”.

O ato de piranhagem a que se referem são fotos suas nua tiradas em sua privacidade em contexto que não nos dizem respeito em absoluto,  fotos essas furtadas  de seu computador por meio de pirataria na internet.

Tal fato nos leva a nos indagar novamente sobre a condição da mulher em nossa sociedade e a fragilidade em que está imbuída nossa privacidade.

Os apoiadores de tal imagem estão apoiando no fundo a idéia de que nossos corpos não nos pertencem, de que qualquer um pode usar e abusar deles, expô-los publicamente sem nosso consentimento. Uma violência simbólica extremamente nociva, que além de tudo legitima também a violência física e sexual, pois partem de um mesmo principio: o da mulher como propriedade social. É a sociedade quem determina o que pode e o que não pode ser feito com ela, e no caso de nossa sociedade extremamente machista pode-se tudo!

Vi muitas mulheres argumentarem que a atriz se expõe publicamente não tendo, portanto, direito a reclamar da exposição feita contra sua vontade, ou ainda: “quem mandou tirar fotos sensuais, sendo uma pessoa pública”. A sordidez de tal discurso é tamanha que coloca como criminosa uma pessoa que viu sua vida, privacidade, seu copo, invadidos!!! Enquanto que os responsáveis por tal perversidade, e o próprio ato perverso não são questionados.

É o mesmo argumento da mulher estuprada que estava de minissaia, portanto, “procurou”.  Postamos aqui o manifesto da “Marcha das Vadias” de Brasília, que desconstrói esse discurso perverso que aprisiona a sexualidade feminina dentro de estereótipos de santa e vadia, reprimindo a liberdade feminina ao mesmo tempo em que a transforma em produto.

Ok podemos até refletir sobre essa super exposição do corpo feminino nas mídias que contribuem para a perpetuação da idéia da mulher como objeto, e como as próprias mulheres acabam ajudando nessa perpetuação. Agora acusá-la de piranhagem por causa de suas fotos??? Temos realmente esse direito??? Quer dizer que qualquer mulher que se exponha publicamente é considerada piranha, vadia ou qualquer outro adjetivo do tipo???

A atriz e qualquer uma de nós pode sim vender a imagem de seu corpo se assim o desejar, pode aparecer nua ou semi nua em novelas, filmes, comerciais, pode inclusive lucrar com essa exposição. Qualquer mulher também pode lucrar vendendo prazer sexual. Mas ela precisa CONSENTIR, eis a palavra que faz toda a diferença.

Ninguém tem o direito de se apropriar do que é seu, só seu e de mais ninguém! E isso vale para todas as mulheres!

Podemos também refletir a respeito de que o fato só teve tamanha repercussão por se tratar de uma atriz e uma mulher economicamente favorecida, e que mulheres pobres são constantemente violentadas  simbólica, física ou sexualmente todos os dias sem que nada seja feito pela mídia, autoridades ou polícia.

 Mas isso não tira a gravidade dos fatos e o fato é que toda vez que atacam uma mulher com acusações desse tipo a ofensa é a todas nós, e não podemos nos calar diante de tal afronta!!!

Precisamos combater esses rótulos, pois eles limitam nossa capacidade humana (que é infinita) de nos desenvolver, criar, amar… viver.

Os pré-conceitos não podem nos definir, conter, aprisionar, somos muito mais que isso… transbordemos!!!

Anúncios

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. christian moura
    maio 17, 2012 @ 06:48:04

    Excelente texto! Concordo com o para além… “refletir sobre essa super exposição do corpo feminino nas mídias que contribuem para a perpetuação da idéia da mulher como objeto, e como as próprias mulheres acabam ajudando nessa perpetuação”. Abraços!

    Christian Moura

    Responder

  2. gicrispe
    maio 18, 2012 @ 02:04:53

    Obrigada Chris!!!
    Suas contribuições são muito bem vindas, fique a vontade para propor e ou ampliar outras reflexões também!
    Grande abraço!
    Gisele

    Responder

  3. Victor Melo (@victordimelo)
    maio 18, 2012 @ 11:06:09

    Ok, lembrando que a imagem que causou tanta indignação cita a Cicarelli que teve um vídeo gravado em lugar público (praia) e não em sua privacidade, definindo aí PIRANHAGEM sim, e mais alguns outros CRIMES. Só este fato matou seu lindo texto inteiro e merece uma correção.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: